|Síria

A Síria transmite a sua mensagem ao mundo através da caricatura

Raed Khalil, organizador da Exposição Internacional de Caricaturas na Síria, disse à Prensa Latina que o certame passa uma mensagem política, com denúncias sobre a guerra injusta imposta ao povo sírio.

A XVI Exposição Internacional de Caricaturas, em Damasco, apresenta mais de 500 trabalhos de 71 países
A XVI Exposição Internacional de Caricaturas, em Damasco, apresenta mais de 500 trabalhos de 71 países Créditos / Prensa Latina

Sobre a 16.ª edição do evento, que está a decorrer na capital do país árabe, Damasco, e reúne mais de 500 obras de caricaturistas de 71 países, Raed Khalil disse à agência cubana que o objectivo consiste em «ressaltar os valores humanos e morais sírios».

Khalil, responsável pela exposição, sublinhou que esta reflecte uma mensagem política de denúncia relativamente à guerra de agressão. «O nosso evento transmite também uma mensagem política, uma vez que, através da caricatura, se mostra a verdade da injusta guerra imposta à Síria», declarou.

O presidente dos EUA, Donald Trump, é uma das figuras reiteradamente figuradas nas caricaturas, com uma forte mensagem política Créditos

O facto de Damasco acolher um evento desta dimensão, em que participam mais de 70 países, é considerado por Khalil uma «conquista», numa altura em que passam nove anos sobre o início da guerra de agressão.

Por seu lado, os participantes na exposição afirmam que a Síria sofreu muito, mas ainda transmite «amor, alegria, arte e cultura», informa a Prensa Latina.

A TeleSur revela que no certame assumem destaque figuras que deixaram uma «marca inapagável nas áreas literária e intelectual», bem como figuras relacionadas com a guerra no Médio Oriente, «a partir de uma perspectiva crítica e pitoresca, mas que denuncia injustiça e corrupção».

Tópico