|Autoeuropa

Trabalhadores forçam retoma de negociações na Autoeuropa

A Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa lançou esta quinta-feira um comunicado a afirmar que a administração recuou e aceitou a retoma das negociações, ainda em Junho, relativas à laboração contínua.

CréditosMário Cruz / Agência LUSA

A Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa emitiu hoje um comunicado aos trabalhadores, a que o AbrilAbril teve acesso, a relatar a mudança de postura da administração, depois de uma reunião a pedido desta.

«Hoje, durante a manhã, reunimos novamente a pedido da empresa, a qual nos transmitiu que está em condições de retomar as negociações, brevemente, ainda no mês de Junho», lê-se no comunicado.

O recuo da administração da Autoeuropa, que anteriormente tinha afastado por completo as negociações ao impôr de forma unilateral as compensações para a laboração contínua, surgiu depois dos trabalhadores reunirem em plenário no passado dia 5. Estes decidiram avançar com um abaixo-assinado e encarregar a CT de avançar com outras formas de luta perante a intransigência da empresa.

Ontem, a CT esteve reunida com os sindicatos representativos dos trabalhadores da fábrica de automóveis de Palmela, tendo sido acordada a emissão de pré-avisos de greve ao trabalho extraordinário em resposta. Uma medida que «fica para já suspensa», afirma a estrutura.

A CT destaca «a unidade dos trabalhadores demonstrada nos últimos plenários realizados, a subscrição massiva ao abaixo-assinado e a disponibilidade para outras formas de luta» como aspectos decisivos para esta vir «ao encontro da primeira exigência dos trabalhadores».

Tópico