|Autoeuropa

Plenários na Autoeuropa marcados para 5 de Junho

A Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa convocou plenários para a próxima terça-feira, com o intuito de discutir a mais recente imposição​​ da empresa para a laboração contínua.

Fábrica da Volkswagen Autoeuropa, em Palmela
Fábrica da Volkswagen Autoeuropa, em PalmelaCréditosMário Cruz / Agência Lusa

Os plenários de trabalhadores estão marcados para dia 5 de Junho, próxima terça-feira, para discutir a recente imposição unilateral da administração relativa às compensações financeiras pela laboração contínua.

Há pouco mais de uma semana, a administração da Autoeuropa recusou a proposta da Comissão de Trabalhadores (CT) e um eventual acordo, tendo avançado com a sua proposta. Esta implicará, a partir de Agosto, dois fim-de-semanas para cada trabalhador, sendo pago o trabalho ao domingo como um dia normal, dando em troca apenas mais uma folga mensal, e mantendo o de sábado com uma compensação de 100%.

A situação está a gerar descontentamento entre os trabalhadores. Fausto Dionísio, o novo coordenador da CT, já afirmou que os plenários servirão para auscultar os trabalhadores e discutir o rumo a seguir.

Não há greve marcada na Autoeuropa

Durante esta semana, vários órgãos de comunicação social avançaram com a notícia de que vai haver greve na fábrica da Volkswagen, no dia 9 de Junho, convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Sul (SITE Sul/CGTP-IN).

Porém, tal não corresponde bem à verdade, visto que o pré-aviso em causa foi emitido pela Fiequimetal e tem o objectivo de permitir a participação dos trabalhadores na manifestação nacional da CGTP-IN, marcada para o mesmo dia, em Lisboa.

«Na sequência da decisão aprovada pelos trabalhadores no 1.º de Maio, de realizar uma manifestação nacional organizada pela CGTP-IN (...), porque é preciso forçar o Governo do PS e o patronato a ceder às nossas justas reivindicações com vista a obtermos o direito a uma vida melhor, e para permitir a participação dos trabalhadores nessa manifestação, é emitido o presente pré-aviso de Greve, para os trabalhadores representados pelos sindicatos do âmbito da Fiequimetal», lê-se no documento.

Formas de luta virão, caso administração não vá ao encontro

Em comunicado, o SITE Sul afirmou ter reunido com a CT da Autoeuropa e considerou ser «prepotente o facto de a administração preten­der aplicar mais uma vez, de forma administrativa, o horário designado "AE 19", bem como a respectiva compensação». 

O sindicato apelou aos trabalhadores para «mostrarem no imediato o seu descontentamento para com esta atitude da administração» já no próximo dia 9 de Junho, participando na manifestação da CGTP-IN.

Sobre a administração, o SITE Sul considerou que esta «tem a derradeira oportunidade de se aproximar de uma solução que permita a resolução do conflito». Porém, deixa o aviso, «caso não vá ao encontro das expectativas dos trabalhadores, não devem ser descartadas formas de luta, cujo momento e formato devem ser devidamente apreciados pelos trabalhadores em conjunto com o seu sindicato de classe».

Tópico