|Autoeuropa

Pré-acordo na Autoeuropa contempla domingos pagos a 100%

A Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa revela que o pré-acordo prevê um conjunto de reivindicações de longa data, entre as quais domingos pagos a 100% e aumentos salariais de 2,9%.

CréditosMARIO CRUZ / LUSA

O pré-acordo entre a a Comissão de Trabalhadores (CT) e a administração da Autoeuropa foi alcançado na quinta-feira, no seguimento das negociações entre ambas as parte sobre a laboração contínua na fábrica de Palmela.

«É um óptimo acordo» afirmou à Lusa o coordenador da Comissão de Trabalhadores, Fausto Dionísio, adiantando que o pré-acordo laboral, que deverá ser votado em plenário entre 5 e 9 de Novembro, prevê um aumento mínimo de 25 euros e a integração de 300 trabalhadores com contratos a prazo no quadro da empresa.

«Este pré-acordo prevê o pagamento do trabalho ao domingo a 100%, tal como já acontecia com os sábados», frisou Fausto Dionísio, lembrando que esta era uma das principais reivindicações dos trabalhadores da Autoeuropa.

Em Junho, após grande pressão dos trabalhadores, a administração da Autoeuropa acabou por ter que recuar na imposição unilateral às compensações para a laboração contínua, tendo sido reabertas as negociações com a CT, conforme pediam os trabalhadores.

O diferendo entre ambas as partes estava essencialmente pela remuneração do trabalho ao domingo, com a implementação da laboração contínua a partir de Agosto, que os trabalhadores exigiam que fosse pago a 100%, tal como já são ao sábado, mas a empresa pretendia que fosse como um dia normal de trabalho.

Com agência Lusa

Tópico