|reposição de freguesias

Freguesias de Vila Franca de Xira lutam pela reposição

Foram agregadas em 2013 contra a vontade da população, que ficou sem serviços de proximidade. Em curso, um abaixo-assinado pela reposição de todas as freguesias extintas no concelho de Vila Franca de Xira.

Créditos / Pixabay

Foram nove as freguesias que o governo do PSD e do CDS-PP, fiel cumpridor do programa da troika, extinguiu neste concelho da Área Metropolitana de Lisboa, dando lugar à criação de quatro uniões (Alverca do Ribatejo e Sobralinho, Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa, Alhandra, São João dos Montes e Calhandriz, Castanheira do Ribatejo e Cachoeiras), à revelia da vontade manifestada pela população. A CDU quer inverter um cenário em que, fruto da extinção, foi diminuída a representatividade democrática, piorou a manutenção e limpeza do espaço público, foram encerrados vários serviços públicos, como os CTT, agências da CGD e equipamentos do Serviço Nacional de Saúde, ao mesmo tempo que se agravaram os problemas de financiamento das autarquias.

Depois de a luta das populações ter tornado possível a aprovação, na Assembleia da República, de uma lei que reconhece os erros deste processo e permite a reposição de freguesias que cumpram os requisitos definidos até Dezembro deste ano, a CDU dinamiza agora, em todas as freguesias extintas no concelho de Vila Franca de Xira, acções com vista à sua reposição, designadamente através da recolha de assinaturas num abaixo-assinado que convoque, conforme previsto na lei, uma reunião extraordinária em cada assembleia da união de freguesias, que discutirá e votará a reposição das freguesias extintas, encaminhando o processo para a Assembleia Municipal.

A coligação PCP-PEV informa, através de comunicado, que a recolha de assinaturas decorre até ao final do mês de Agosto, para que as reuniões das assembleias das uniões de freguesias e da Assembleia Municipal se realizem no mês de Setembro.

As recolhas estão a decorrer em vários locais das freguesias e também no comércio local, «num amplo processo de envolvimento e discussão com o Movimento Associativo Local, com vista ao grande envolvimento popular no processo». 

Tópico