|Vietname

Autoridades vietnamitas continuam a detonar explosivos norte-americanos

O comando militar da província de Quang Tri deu conta da descoberta de 108 explosivos a menos de 200 metros de uma zona residencial. Esta é a zona do país mais contaminada por munições não detonadas.

Créditos / Vietnam Times

Os explosivos encontrados na comuna de Han Son são do período da Guerra Americana – como é designada no país do Sudeste Asiático a Guerra do Vietname.

Trata-se de 103 projectéis de artilharia de 37 milímetros e cinco granadas de 40 milímetros, e foram detectados a 30 centímetros de profundidade numa zona florestal, perto de uma zona habitada.

Especialistas do Grupo Consultivo de Minas (MAG, na sigla em inglês) removeram os explosivos do local e detonaram-nos numa zona de segurança, refere a Vietnam News Agency.

Quang Tri, a província mais a norte do Sul do Vietname, foi a «fronteira» quase até ao fim da guerra, juntamente com a vizinha província de Quang Binh (a mais a sul do Norte). Por esse facto, ambas foram bastante bombardeadas pelos Estados Unidos.

Com quatro quintos do seu território contaminados com bombas e minas, Quang Tri é a província vietnamita mais exposta à ameaça das munições não detonadas, artefactos reconhecidos internacionalmente com a sigla UXO (do inglês unexploded ordnance).

Desde o fim da guerra, em 1975, as UXO provocaram aproximadamente 3500 mortos e 5100 feridos só nesta província do Centro do Vietname.

De acordo com os dados do Quang Tri Mine Action Centre, ao longo de 2021, equipas de sapadores especializadas em desminagem, governamentais e não governamentais, tornaram seguros mais de 37 milhões de metros quadrados de terra e detonaram 27 660 bombas, minas e outros tipos de explosivos.

Os Estados Unidos utilizaram cerca de 15 milhões de toneladas de bombas e minas no Vietname – quatro vezes mais que as utilizadas em toda a Segunda Guerra Mundial –, o que contribui fortemente para que o país do Sudeste Asiático seja um dos mais contaminados por UXO, referem as autoridades vietnamitas.

Dados do Centro de Tecnologia para a Eliminação de Bombas e Minas indicam que mais de 6,5 milhões de hectares, um quinto do território vietnamita, estão contaminados com munições não detonadas. Desde 1975, mais de 40 mil vietnamitas morreram devido ao contacto com estes explosivos.

Tópico