|Hotelaria e turismo

Trabalhadores do Hotel Dona Filipa cumpriram dia de greve

Os trabalhadores do Hotel Dona Filipa, situado em Vale do Lobo, no concelho de Loulé, fizeram greve, quinta-feira, para exigir que a administração negoceie as propostas apresentadas pelo sindicato.

Trabalhadores do Hotel Dona Filipa, em Loulé, em greve pela negociação do aumento dos salários
Trabalhadores do Hotel Dona Filipa, em Loulé, em greve pela negociação do aumento dos salários Créditos / Sindicato de Hotelaria do Algarve

A reivindicação de um aumento salarial de 8%, com um mínimo de 70 euros, por forma a repor parte do poder de compra perdido nos últimos anos, e a reposição do pagamento dos feriados com um acréscimo de 200% e dos 25 dias úteis de férias, são algumas das propostas apresentadas, segundo a nota do Sindicato de Hotelaria do Algarve (CGTP-IN).

Uma delegação sindical esteve reunida ontem com representantes da administração do hotel, tendo ficado assumido o compromisso da realização de uma nova reunião até ao final da próxima semana.

O sindicato saúda os trabalhadores que «perderam o medo» e aderiram à greve, e apela aos restantes que se juntem àqueles para «reforçar a unidade e a força reivindicativa», em defesa de melhores salários e condições de trabalho.

Tópico