|artes do espectáculo

Nova greve para dois bailados no braço-de-ferro com o OPART

O Sindicato dos Trabalhadores do Espectáculo, do Audiovisual e dos Músicos (CENA-STE) emitiu novo pré-aviso de greve para dois bailados da Companhia Nacional de Bailado (CNB) para Junho e Julho.

Os trabalhadores do Opart - Organismo de Produção Artística, reunem-se à porta do Ministério da Cultura com o objetivo de demonstrar o seu apoio à delegação sindical e afirmar a sua vontade de contribuir para que o cenário atual na instituição seja alterado, Lisboa, 27 de março de 2018.
Revisão do estatuto do bailarino é uma das reivindicações CréditosAntónioCotrim / LUSA

O protesto em curso pretende pressionar o Conselho de Administração e o Governo no sentido de cumprirem o acordo relativo ao regulamento interno de pessoal, aplicarem um aumento geral dos salários, efectuarem o pagamento de trabalho suplementar e encetarem a revisão do regime geral dos bailarinos.

A greve já levou ao cancelamento das récitas de La Bohème entre os passados dias 7 a 16 de Junho no Teatro Nacional São Carlos (TNSC).

Em nota enviada à imprensa, o sindicato divulga a convocação de nova greve para os bailados Nós como futuro, no Teatro Camões, nos dias 27, 28 e 29 de Julho, e Quinze Bailarinos e Tempo Incerto, da programação do Festival de Teatro de Almada, nos próximos dias 17 e 18 de Julho.

Esta quarta-feira, uma delegação do CENA-STE será recebida pela ministra da Cultura, Graça Fonseca, numa reunião a pedido da mesma, na qual os trabalhadores esperam que a ministra «aponte uma solução clara e séria para a resolução do conflito».

Tópico