|greve

Adesão total à greve dos carteiros no Entroncamento

Os carteiros do Entroncamento estão em luta para demonstrar o seu «profundo descontentamento» com as condições de trabalho naquele centro de distribuição postal.

Créditos / SNTCT

A greve decretada pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT/CGTP-IN) começou ontem e decorre até ao próximo dia 15, sempre entre as 8h30 e as 10h30, no centro de distribuição postal (CDP) ribatejano.

Em nota à imprensa, o sindicato afirma que «a grande união entre os trabalhadores daquele CDP, perante os problemas e na luta, está à vista», referindo a adesão de 100% dos carteiros. Denunciou, porém, que agenciado a terceiros, havia um giro a ser executado.

A greve pretende alertar para a falta de condições de trabalho destes profissionais que se traduz num «profundo descontentamento».

A direcção nacional do SNTCT saúda os trabalhadores em luta e a sua unidade, e repudia o que considera ser uma «tentativa, gorada e inapropriada, de assédio moral» por parte de um responsável da gestão.

Tópico