|Hotelaria e turismo

Trabalhadores do Amendoeira Golf Resort em greve a 11 e 12 de Outubro

Em causa está a ausência de resposta da parte da administração às reivindicações colocadas para este ano pelos trabalhadores, nomeadamente o aumento dos salários e pagamento de dívidas.

O golfe é uma das actividades disponibilizadas no resort
Créditos

Os trabalhadores do empreendimento turístico Amendoeira Golf Resort, em Silves, decidiram na terça-feira, em plenário, avançar para dois dias de greve nos próximos dias 11 e 12 de Outubro.

Esta decisão prende-se com a falta de resposta da administração ao caderno reivindicativo para 2019 apresentado pelo Sindicato de Hotelaria do Algarve (CGTP-IN), depois de os trabalhadores terem dado à empresa uma semana para rever a sua posição. Em causa está o aumento dos salários, o pagamento das dívidas aos trabalhadores e a melhoria dos direitos e das condições de trabalho.

Os trabalhadores exigem um aumento salarial de 8%, com um mínimo de 70 euros, com retroactivos a 1 de Janeiro; o pagamento do trabalho suplementar com um acréscimo de 100%; a atribuição de 25 dias úteis de férias e o estabelecimento das 35 horas semanais.

Entretanto, devido à recusa da administração em cumprir a contratação colectiva e pagar o que deve aos trabalhadores, o sindicato já solicitou uma acção inspectiva à delegação de Portimão da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), estando a aguardar o respectivo relatório final.

O sindicato afirma em nota que está totalmente solidário com o que considera ser uma «justa luta» e apela aos restantes trabalhadores do sector para se sindicalizarem e organizarem em cada local de trabalho por forma a exigirem melhores salários e emprego estável com direitos, conforme dita a Constituição da República Portuguesa.

Tópico