|greve

Trabalhadores da Panpor marcam greve

Os trabalhadores da Panpor, em Rio Maior, decidiram em plenário avançar com greve de 30 minutos em cada turno de trabalho, a partir de segunda-feira até dia 20 de Janeiro, em protesto pela não remuneração da meia hora de refeição.

Créditos / Pixabay

O pré-aviso de greve foi emitido nesta quinta-feira pelo Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal (SINTAB/CGTP-IN). 

O recurso à paralisação parcial foi decidida pelos trabalhadores da empresa num plenário realizado a 22 do mês passado, como resposta à intransigência da administração nesta questão.

A greve terá inicio a 8 de Janeiro, próxima segunda-feira, e será prolongada até dia 20 deste mês, estando prevista a paralisação da fábrica por meia-hora em cada turno de trabalho.  

Em causa, diz o SINTAB, está a «oposição frontal dos trabalhadores ao tempo que são obrigados a trabalhar sem remuneração para além das 8 horas de trabalho diário, em que se inclui a meia hora de refeição determinada pela empresa, a qual não é verdadeiramente tempo de refeição, mas sim tempo de trabalho».

Tópico