|Indústria

Trabalhadores da Efacec cumprem greve esta terça-feira

Os trabalhadores da Efacec, sediada em Matosinhos, decidiram realizar uma greve parcial a 29 de Janeiro, para exigir o respeito pelos seus direitos sindicais e o fim da discriminação.

Concentração de trabalhadores da Efacec de Matosinhos durante a greve realizada a 23 de Maio de 2018
Concentração de trabalhadores da Efacec de Matosinhos durante a greve realizada a 23 de Maio de 2018Créditos / SITE NORTE

O pré-aviso de greve, das 14h às 16h, foi entregue pelo ​​​​​​Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Norte (Site Norte/CGTP-IN).

Repudiando o que chama de «posição autoritária da administração da Efacec», o sindicato afirma que a greve parcial, com uma concentração em frente aos portões da Efacec, servirá para que os trabalhadores possam vários assuntos, entre os quais o caderno reivindicativo.

Em causa está a decisão da Efacec que, no passado dia 22, recusou ceder o habitual espaço (cantina) para a realização de um plenário geral, alegando obras no local. O Site Norte realça que a única alternativa dada pela empresa foram as instalações na Maia, «sem assegurar o transporte dos trabalhadores, tornando assim impossível a realização do plenário».

Ao longo de 2018, a produtora de componentes electrónicos foi palco de várias greves contra os despedimentos encapotados e as chamadas «listas», com nomes de trabalhadores escolhidos para «rescindir contrato» num clima de medo e repressálias. O último despedimento visou 21 funcionários, alguns membros da comissão de trabalhadores.

Tópico