|aumentos salariais

Plenário reafirma exigência de aumentos salariais na Panasqueira

Os trabalhadores da Beralt Tin and Wolfram, no Fundão, exigiram uma resposta positiva ao caderno reivindicativo e o cumprimento das orientações da Direcção-Geral da Saúde.

Foto de Arquivo: Minas de Aljustrel
Créditos / dinheiro vivo

Em comunicado à imprensa, o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM/CGTP-IN) revela que a «insuficiente» proposta salarial da concessionária das Minas da Panasqueira pode levar à greve.

O plenário geral, realizado em duas sessões, para ter a participação dos trabalhadores dos dois turnos, aprovou na terça-feira uma resolução a mandatar o STIM para, em momento oportuno, emitir um pré-aviso de greve, caso não seja satisfatório o resultado de uma reunião a marcar com a administração.

O plenário foi convocado depois de a empresa do grupo canadiano Almonty ter alterado a sua proposta salarial em uma décima de ponto percentual, para 1%, o que representaria 25 cêntimos por dia para a maioria dos trabalhadores.

O sindicato ficou igualmente mandatado no sentido de exigir para que sejam adoptadas na empresa todas as medidas de prevenção e protecção dos trabalhadores e suas famílias, recomendadas pelas entidades oficiais, face à pandemia de Covid-19, pode ler-se na nota.

Tópico