|Açores

Luta dos trabalhadores dos matadouros leva Governo Regional a cumprir acordo

A greve, agendada para esta semana, foi desmarcada devido ao anúncio do Governo dos Açores, de que vai cumprir o acordo relativo à atribuição do suplemento de risco aos trabalhadores dos matadouros.

Créditos / Notícias ao Minuto

Tendo em conta a comunicação que recebeu da Secretaria Regional da Agricultura e Florestas, onde se assume que o Governo vai dar cumprimento ao acordo estabelecido a 18 de Fevereiro e assinado a 6 de Março, para a reposição da carreira, o Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Sul e Regiões Autónomas (STFPSSRA/CGTP-IN) desmarcou a acção de luta dos trabalhadores dos matadouros públicos da Região Autónoma dos Açores, entre os dias 13 e 17 de Julho. 

Segundo informação oficial, citada pelo sindicato, «na próxima segunda-feira, o Conselho do Governo aprovará o Decreto Regulamentar Regional que fixa as novas regras de atribuição do suplemento de risco aos trabalhadores dos matadouros da rede regional de abate, o qual seguirá para assinatura do Representante da República e posterior publicação em Diário da República e Jornal Oficial».

O STFPSSRA, que mantém a greve ao trabalho extraordinário por tempo indeterminado, reafirma a «justeza» dos acordos estabelecidos com o Governo Regional dos Açores e espera que não sejam criadas mais dificuldades à sua plena implementação. 

Do ponto de vista remuneratório, a implementação do suplemento de risco permitirá aos trabalhadores dos matadouros públicos ver compensado aquilo que perderam desde 2008. Os aumentos variam entre 82 e 190 euros, consoante os escalões, com retroactivos a Janeiro de 2020.

Tópico