|enfermeiros

Lares devem contratar os enfermeiros necessários

O SEP alerta que o destacamento de enfermeiros do SNS para Reguengos de Monsaraz não se pode prolongar no tempo.

Créditos / CC BY 2.0

As instituições privadas com utentes à sua responsabilidade têm de garantir o número de enfermeiros adequado para o seu funcionamento, reconhece o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP/CGTP-IN) numa nota à imprensa. 

A situação extraordinária que o País atravessa devido ao surto epidémico de Covid-19 leva o SEP a afirmar que os lares têm de contratar enfermeiros e garantir condições de trabalho dignas, nomeadamente com vínculos definitivos e com salários ajustados às qualificações dos profissionais, defende a estrutura sindical.

«Não basta acolher os utentes, é preciso exigir e responsabilizar estas instituições quando não garantem o número de enfermeiros adequado. Os utentes têm o direito a serem bem cuidados, com ou sem pandemia», lê-se no comunicado.

O destacamento de enfermeiros do SNS para Reguengos de Monsaraz não se pode prolongar no tempo, pois «não é a solução que estas instituições precisam», lembra o sindicato, acrescentando que os planos de contingência devem incluir medidas relativas aos recursos humanos para eventuais situações de «agudização das necessidades de resposta» que exijam mais profissionais.

Tópico