|CTT

Greve nos CTT em Loulé

Os trabalhadores dos CTT do Centro de Distribuição de Loulé estão em greve esta quinta e sexta-feira pela necessidade urgente de contratação de mais trabalhadores.

Carteiros de porte não aceitam novos fechos impostos
CréditosInácio Rosa / Agência LUSA

Para um total de 30 percursos de distribuição há 20 trabalhadores. Os CTT contrataram temporariamente sete funcionários mas, como estão cinco de férias, «tudo corre mal dentro e fora do Centro de Distribuição de Loulé», informa o Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Correios e Telecomunicações (SNTCT/CGTP-IN) em comunicado.

No dia em que os trabalhadores se reuniram em plenário para decidir formas de luta havia «158 cassetes de correio para dividir e mais de 100 cassetes para distribuir, não havendo previsão quando seriam entregues».

Os trabalhadores alertam para a gravidade da situação, que leva a que as redes sociais estejam «cheias de comentários negativos sobre os CTT de Loulé e a sua entrega de correio», acrescentando que alguns já foram «ameaçados na rua» devido ao desespero dos utentes.

O comunicado frisa que a situação em Loulé se repete em todos os Centros de Distribuição do Sotavento Algarvio. O SNTCT afirma que tem vindo a alertar os CTT para estas situações e para a necessidade de as regularizar, mas que «nada tem sido feito» e garante: «a luta vai alastrar».

Tópico