|Banca

Novo Banco deve apresentar prejuízos superiores a mil milhões de euros

Estado volta a cobrir prejuízos do antigo BES

O secretário de Estado Adjunto e das Finanças assumiu que o Estado continua a tapar buracos no Novo Banco, apesar de este já ser privado. 

CréditosJosé Sena Goulão / Agência LUSA

Ricardo Mourinho Félix confirmou que o Estado vai colocar mais dinheiro no Novo Banco, através do Fundo de Resolução, logo após o anúncio dos primeiros resultados da instituição depois da privatização, em entrevista à TSF.

Ao fim de mais de três anos da falência do BES, continuam a ser encontrados buracos nas contas do banco e os prejuízos devem ascender a mais de mil milhões de euros. Destes, o Governo prevê cobrir até 850 milhões de euros com dinheiros públicos.

Recorde-se que a Lone Star, um fundo abutre norte-americano, recebeu o Novo Banco a custo zero, no final do ano passado. A única contrapartida pelo controlo da instituição foi a injecção de mil milhões de euros no banco, enquanto o Fundo de Resolução – a entidade pública que ficou com os restantes 25% – se comprometeu com um investimento até 3,9 mil milhões de euros.

Tópico