|Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos

Forçada pelo PSD e pelo CDS-PP

Comissão de inquérito à Caixa toma posse

A Comissão Parlamentar de Inquérito ao banco público tomou posse. Partidos à esquerda acusam PSD e CDS de tentar desestabilizar a Caixa com a iniciativa.

PSD e CDS voltam a colocar entraves na recapitalização da CGD
PSD e CDS voltam a colocar entraves na recapitalização da CGDCréditos

O PSD e o CDS-PP conseguiram impor uma Comissão de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e à Gestão do Banco. A tomada de posse confirmou José Matos Correia (PSD) como presidente e Paulo Trigo Pereira (PS) e Miguel Tiago (PCP) como vice-presidentes.

A iniciativa foi criticada pela legalidade do objecto, provocando a sua alteração pelo PSD. Mas as maiores críticas prendem-se com o que PS, PCP e BE apelidam de «tentativa de desestabilização do banco público».

Após o anúncio da iniciativa, multiplicaram-se as vozes contra a iniciativa do PSD e do CDS. Os alertas para os riscos de fragilização do sistema bancário português, e da Caixa em particular, foram lançados logo a seguir ao anúncio pelo deputado do PCP Miguel Tiago, com Carlos César (PS) a secundar a posição do comunista. Depois de alguma hesitação, o BE posicionou-se contra a iniciativa do PSD e do CDS.

Tópico