|Colômbia

Pacto Histórico obtém ampla representação na Colômbia

Os resultados preliminares das eleições legislativas apontam para uma viragem à esquerda. O Pacto Histórico, coligação política «progressista», aparece como um dos vencedores da contenda eleitoral.

Gustavo Petro, líder da coligação Pacto Histórico
Gustavo Petro, líder da coligação Pacto HistóricoCréditos / folha.uol.com.br

Com 99,41% dos votos contados, a coligação Pacto Histórico, em que figuram a Colômbia Humana, de Gustavo Petro – candidato às presidencias de 29 de Maio –, o Partido Comunista Colombiano, a União Patriótica, o Pólo Democrático Alternativo, entre vários outros partidos e movimentos, conseguiu eleger 16 senadores e 25 deputados na Câmara dos Representantes, segundo indicam os resultados na página da comissão eleitoral do país sul-americano.

Nestas eleições para renovar o Congresso, em que podiam votar quase 39 milhões de colombianos, regista-se uma viragem à esquerda, tendo em conta que as duas câmaras eram dominadas pelo Partido Centro Democrático, de direita, em coligação com outras forças afins.

No Senado, segundo de pode ver no painel de resultados divulgado no portal da Resgistraduría Nacional del Estado Civil, o Pacto Histórico elegeu 16 senadores, tantos quantos o Partido Conservador Colombiano. Seguem-se o Partido Liberal Colombiano (15), a Coalición Alianza Verde y Centro Esperanza (14), o Partido Centro Democrático (14), o Partido Cambio Radical (11) e o Partido de la Unión por la Gente (10).

Na Câmara dos Representantes, o Partido Liberal Colombiano é o que obtém mais assentos (32), seguido do Pacto Histórico (25). O Partido Conservador Colombiano também elege 25 deputados.

Seguem-se o Partido Centro Democrático (16), o Partido Cambio Radical (16), o Partido de la Unión por la Gente (15) e o Partido Alianza Verde (11), além de seis deputados distribuídos por cinco partidos.

Apelo à constituição de uma frente democrática

Ao conhecer as previsões que apontavam para estes resultados, o líder do Pacto Histórico, Gustavo Petro, destacou o desempenho da coligação como «o melhor resultado das forças progressistas na história da Colômbia».

Fez também um apelo às restantes forças progressistas, agora maioritárias no Congresso, para que criem uma frente democrática.

Este domingo, os colombianos também participaram em consultas inter-partidárias para escolher os candidatos das coligações Pacto Histórico, Centro Esperanza (social-democrata) e Equipo por Colombia (direita), que irão disputar, com representantes de outras coligações, as eleições presidenciais, a 29 de Maio.

Gustavo Petro foi de longe o candidato mais votado, com mais de quatro milhões de votos. Ao discursar, ontem, sublinhou que é possível vencer as presidenciais logo na primeira volta e fez um convite a todo o país a seguir o Pacto Histórico.

«Queremos convidar toda a Colômbia. Aqui os únicos que não têm lugar são os corruptos, os genocidas», disse, citado pela TeleSur.

Tópico

Contribui para uma boa ideia

Desde há vários anos, o AbrilAbril assume diariamente o seu compromisso com a verdade, a justiça social, a solidariedade e a paz.

O teu contributo vem reforçar o nosso projecto e consolidar a nossa presença.

Contribui aqui