|Síria

Exército retoma operações em Idlib após violações do cessar-fogo pelos terroristas

O Exército sírio anunciou esta segunda-feira que os grupos terroristas violaram repetidamente o cessar-fogo implementado dia 1, tendo continuado a lançar ataques contra as populações civis.

Tropas do Exército Árabe Sírio avançam na ofensiva sobre a província de Daraa
Tropas do Exército Árabe Sírio vão retomar a ofensiva de Idlib (foto de arquivo) Créditos / en.alalam.ir

Num comunicado hoje emitido, o Comando Geral do Exército e das Forças Armadas afirma que, apesar de o Exército sírio ter anunciado, no passado dia 1 de Agosto, que aceitava o cessar-fogo na chamada «zona de segurança» de Idlib, os grupos terroristas armados, apoiados pela Turquia, recusaram-se a acatar esse cessar-fogo e lançaram vários ataques contra civis em terras localizadas nas imediações.

De acordo com a declaração, divulgada pela agência SANA, «a persistência do regime turco em permitir aos seus peões terroristas em Idlib levar a cabo ataques evidencia que Ancara mantém uma abordagem destrutiva e continua a ignorar os seus compromissos, estabelecidos no âmbito do Acordo de Sochi, relativos a Idlib» – algo que, denuncia o Comando Geral sírio, contribuiu para o reforço das posições dos terroristas e para a expansão da ameaça do terrorismo por toda a Síria.

«Tendo em conta que a aceitação do cessar-fogo por parte do Exército estava dependente do cumprimento por Ancara dos seus compromissos – algo que não ocorreu, apesar dos esforços nesse sentido por parte da Síria –, as Forças Armadas irão retomar as operações contra os grupos terroristas e responderão às suas agressões, no contexto das suas obrigações constitucionais de proteger o povo sírio e garantir a sua segurança», lê-se na nota.

Militares encontram grande quantidade de armas e munições no Sul do país

Nas operações habituais dos sapadores do Exército sírio para tornar seguras zonas que foram libertadas do terrorismo, os militares encontraram, na região Sul do país, um armazém com grande quantidade de munições e armamento, algum dele sofisticado.

Uma fonte militar disse à SANA que foram encontrados no armazém terrorista um drone Phantom IV, mísseis TOW, metralhadoras, espingardas automáticas, canhões anti-aéreos de 23 mm de calibre, lança-granadas RPG, granadas de mão, morteiros anti-tanque, telescópios infravermelhos de visão nocturna e mais de 200 mil balas.

Sapadores do Exército sírio encontraram armamento variado num armazém abandonado pelos terroristas no Sul do país Créditos

Filmado pela cadeia de TV Al-Surya, este material bélico foi apresentado como mais uma prova do envolvimento dos EUA, de Israel e de outras potências ocidentais no apoio aos grupos terroristas na Síria.

Não é a primeira vez que o Exército Árabe Sírio encontra armamento ocidental em armazéns e esconderijos terroristas. Armas de fabrico israelita, norte-americano, francês e britânico têm sido encontradas em locais abandonados pelos terroristas do Daesh e da Frente al-Nusra, nomeadamente nas províncias de Deir ez-Zor, Daraa e Damasco Rural.

Tópico