|Privatizações

EUA: gestão privada dos hospitais é um risco para os pacientes

A entrada de capitais privados na gestão de hospitais nos EUA agravou as condições de segurança e a qualidade dos cuidados prestados aos utentes, alerta estudo publicado na revista científica JAMA, da American Medical Association.

«Toda a gente merece cuidados de saúde»
Créditos / uchicago

A análise publicada na revista científica JAMA, da American Medical Association (fundada em 1847, é a maior associação de médicos e estudantes de medicina nos Estados Unidos da América), avaliou as taxas de ocorrência de dez eventos adversos graves em 51 hospitais, três anos antes e três anos depois de terem sido adquiridos por fundos de investimento privados.

Os autores avaliaram 662 095 hospitalizações nos 51 hospitais privados, comparando os resultados com 4 160 720 hospitalizações equiparáveis em 259 hospitais públicos, inteiramente dedicados à Medicare, o programa nacional de seguro de saúde do governo norte-americano.

Segundo o estudo, a privatização de unidades hospitalares nos EUA representou um aumento de 25,4% das doenças adquiridas no hospital, sobretudo devidas a quedas e a infecções da corrente sanguínea associadas a acessos venosos centrais. A estes resultados acresce o facto de o grupo de beneficiários do Medicare atendidos nos hospitais privados serem, «provavelmente, de menor risco», devido às transferências de pacientes mais problemáticos, «o que sugere uma pior qualidade dos cuidados hospitalares».

O aumento de eventos adversos graves inclui mais 27,3% de quedas e um aumento de 37,7% das infecções na corrente sanguínea nos hospitais de capitais privados, «apesar de terem sido colocados menos 16,2% de cateteres centrais» para acessos venosos.

Os fundos de investimento privados gastaram mais de 200 mil milhões de dólares, só em 2021, a adquirir instituições de saúde no EUA. Na última década, foi investido perto de 1 bilião de dólares (um milhão de milhares de milhões).

«Estas conclusões levantam sérias preocupações sobre as implicações da presença de capital privado na prestação de cuidados de saúde», concluem os investigadores.

Tópico

Contribui para uma boa ideia

Desde há vários anos, o AbrilAbril assume diariamente o seu compromisso com a verdade, a justiça social, a solidariedade e a paz.

O teu contributo vem reforçar o nosso projecto e consolidar a nossa presença.

Contribui aqui