|Despedimentos

Trabalhadores recebem do IEFP propostas para emprego de onde foram despedidos

Os trabalhadores do grupo Sousacamp, despedidos em Julho, receberam agora propostas do centro de emprego para ocupar os mesmos postos de trabalho de onde foram afastados.

CréditosEstela Silva / Lusa

Em comunicado divulgado, o Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal (Sintab/CGTP-IN) denuncia que, depois de receberem propostas de emprego do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) para ocupar os mesmos postos de trabalho, alguns trabalhadores contactaram a empresa que alegou tratar-se de um «erro processual».

Para o sindicato, esta situação «põe a nu a contínua fragilização dos direitos dos trabalhadores», devendo «envergonhar» os sistemas judiciário e político por terem permitido a concretização de um processo de insolvência em que o perdão de dívida envolveu dinheiro dos contribuintes, sem que se tenha garantido a manutenção dos empregos.

O Sintab reafirma a sua posição de que o despedimento se apresentava em contraciclo com a recuperação económica da empresa e representava «a vontade de se ver livre daqueles trabalhadores que haviam ousado assumir espírito reivindicativo».

O grupo Sousacamp é o líder nacional no cultivo e comercialização de cogumelos, que detém cerca de 90% do mercado nacional.

Tópico