|CP

Trabalhadores dos bares dos comboios temem pelo futuro

Para esta quinta-feira estão agendados protestos junto aos ministérios das Infraestruturas e da Economia. 

CréditosMário Cruz / Agência Lusa

Os trabalhadores dos bares dos comboios vão estar concentrados amanhã, pelas 10h, junto ao Ministério das Infraestruturas, seguindo depois para o Ministério do Trabalho, onde irá decorrer uma reunião entre a CP e a Risto Rail «para decidir quem vai ficar responsável pelos 120 trabalhadores», refere a Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal (Fesaht/CGTP-IN) num comunicado. 

A estrutura sindical lembra que a Risto Rail deixa de explorar os bares dos comboios a partir do próximo sábado (31) e que a CP recusou a transmissão destes trabalhadores. No passado mês de Maio, a Fesaht solicitou reunião ao Ministério das Infraestruturas, mas ainda não obteve qualquer resposta. Entretanto, afirma que os trabalhadores receiam pelo futuro dos seus postos de trabalho, bem como pelo pagamento do salário do mês de Julho e do subsídio de férias. 

Tópico