|Hotelaria e Restauração

Trabalhadores da hotelaria e restauração em luta

Os trabalhadores dos sectores da Alimentação, Hotelaria e Restauração têm vindo a desenvolver, na última quinzena, diversas acções, incluindo greves, concentrações de protesto e plenários.

Acção sindical em Braga, no âmbito da quinzena de luta promovida pela Fesaht
Acção sindical em Braga, no âmbito da quinzena de luta promovida pela Fesaht Créditos / Sindicato da Hotelaria do Norte

Segundo os sindicatos do sector, afectos à CGTP-IN, com estas acções, os trabalhadores pretendem a reabertura das empresas, a reposição de todos os direitos, a anulação de todos os actos ilegais praticados pelas empresas e o pagamento dos salários em atraso. Os sindicatos reivindicam ainda uma «actuação exemplar da Autoridade para as Condições de Trabalho no sector».

Nesse sentido, convocaram para amanhã, às 10h30, uma acção nacional de protesto à porta da associação patronal APHORT, na Praça D. João I, no Porto, seguindo depois «até à porta da associação patronal AHRESP».

Antes, cerca das 9h, segundo o comunicado sindical, os trabalhadores deverão concentrar-se na Praça da Ribeira, no Porto, junto ao Hotel Pestana Porto, para aprovarem uma moção que «será entregue nos hotéis, restaurantes, cafés e pastelarias».

Entretanto, no Algarve, «os trabalhadores do Grupo JJW Hotels & Resorts reuniram-se em plenário, no dia 31 de Julho, para analisar a situação na empresa, nomeadamente os salários em atraso referentes aos meses de Maio, Junho e Julho», como informa o comunicado sindical, do qual «saiu a decisão de se avançar para dois dias de greve», a 11 e 12 de Agosto, para «exigir o pagamento dos salários em atraso».

Tópico