|transportes

Trabalhadores da CP e EMEF realizam protesto a 30 de Abril

Várias estruturas representativas dos trabalhadores da CP e EMEF promovem esta terça-feira, em Lisboa, uma concentração de protesto para exigir do Governo mais meios humanos e materiais para o sector.

Trabalhadores da EMEF na manifestação nacional realizada a 20 de Fevereiro
Trabalhadores da EMEF na manifestação nacional realizada a 20 de Fevereiro CréditosMANUEL ALMEIDA / LUSA

O protesto está marcado para amanhã às 10h, em frente ao Ministério das Infraestruturas e da Habitação, sendo promovido, na sequência dos plenários realizados, pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF/CGTP-IN) e a Comissão de Trabalhadores da EMEF.

Em comunicado, a Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (Fectrans/CGTP-IN) apela à partipação de todos os trabalhadores, sublinhando que se trata de uma luta em «defesa do sector ferroviário» e no sentido de este estar unificado e capacitado «ao serviço dos interesses do País e das populações».

«As razões desta concentração prendem-se com a reivindicação de investimentos para o sector, a admissão de trabalhadores nas duas empresas, um plano eficaz para a recuperação do material circulante imobilizado, assim como a exigência de se cumprirem acordos assinados no ano passado», afirma a Fectrans.

Por sua vez, a Comissão de Trabalhadores da EMEF assinala como motivos adicionais para o protesto a exigência da reabertura das negociações e do cumprimento dos acordos assinados em Abril de 2018, assim como a reintegração da EMEF na CP, permitindo que esta tenha todas as capacidades para garantir a «qualidade, segurança e fiabilidade do serviço ferroviário público».

«São razões que estão actuais, porque sucessivamente se tem adiado a resposta necessária para defender a empresa que todos dizer ser estratégica para o sector ferroviário, mas que vem sendo abandonada pelos sucessivos governos», frisa.

Para esse dia, estão ainda marcadas reuniões com tutela às 15h sobre o processo de negociação da CP, que se realiza no Ministério das Infraestruturas e Habitação, e na EMEF para dia 9 de Maio às 16h, na sede da empresa na Reboleira.

Tópico