|RTP

RTP deve garantir melhores condições de trabalho

Em comunicado, o sindicato afirma que o protesto desta terça-feira pretende reivindicar ao conselho de administração aumentos salariais e a resolução dos problemas da empresa em termos tecnológicos.

Créditos / ensina.rtp.pt

Integrado na Jornada de Acção e Luta da CGTP-IN, que decorre até dia 15 de Julho, em todos os sectores e em todo o País, o Sindicato dos Trabalhadores de Telecomunicações e Comunicação Audiovisual (STT/CGTP-IN) associou-se aos objectivos propostos e marcou para amanhã, à porta da empresa, a partir das 10h30, uma concentração de activistas, aberta à participação de outras organizações representativas de trabalhadores da RTP.

Em comunicado, o sindicato afirma que o protesto vem reivindicar ao conselho de administração da RTP melhores condições de vida e trabalho, a resolução dos problemas da empresa em termos tecnológicos e de falta de meios e equipamentos, bem como, a valorização dos salários, carreiras e integração dos trabalhadores com vínculos precários que desempenham funções permanentes.

Esta iniciativa do STT visa igualmente reforçar «o caudal reivindicativo do movimento sindical unitário» no que toca ao aumento geral dos salários, ao emprego com direitos e à revogação das normas mais gravosas do Código do Trabalho, nomeadamente a anulação da norma que admite a caducidade unilateral das convenções colectivas e reintrodução do princípio do tratamento mais favorável para o trabalhador, não esquecendo o embaratecimento e o facilitismo dos despedimentos colectivos.

Tópico