|aeroporto de Lisboa

«Para trabalhar, precisamos de estacionar!»

As organizações representativas dos trabalhadores convocaram um protesto para dia 14 de Agosto junto à entrada do metro do Aeroporto de Lisboa, para reivindicar o direito ao estacionamento.

Está marcada uma concentração às 11h de segunda-feira, no aeroporto de Lisboa, junto às chegadas, do lado do metro
Créditos

Este protesto, marcado para as 11h00 de quarta-feira e que conta com o apoio de estruturas representativas de trabalhadores como a Comissão de Trabalhadores da TAP e da Comissão de Trabalhadores da Portway, tem como objectivo reivindicar que todos os trabalhadores que laborem no Aeroporto de Lisboa tenham direito a estacionamento gratuito neste espaço. 

Comunicados de ambas as CT afirmam que «é preciso ter em conta que muitos trabalhadores têm turnos que podem abarcar as 24 horas do dia» e que em muitas horas a resposta de transportes públicos é reduzida.

Não há «resposta vísivel» para resolver este problema da parte da ANA/Vinci que, lembra a nota, «tem apresentado resultados de centenas de milhar de euros de lucro», sendo os parques de estacionamento do Aeroporto de Lisboa parte dessa receita. Os custos são «impossíveis» de suportar para muitos trabalhadores que acabam por ter de estacionar a dois ou mais quilómetros de distância, «em horários em que pode estar em causa a sua segurança», alerta a comissão de trabalhadores. Acusa ainda o Governo e a Câmara Municipal de Lisboa de serem «coniventes» com esta situação.

Num documento distribuído aos trabalhadores, os organizadores apelam aos que têm que se «deslocar de carro para cumprir a sua obrigação laboral» e que sabem que a empresa que gere o Aeroporto «tem lucros de centenas de milhões que podem criar soluções», para que estejam presentes nesta acção e demonstrem o seu descontentamento.

Tópico