|horários dignos

Limpeza Industrial no Aeroporto de Lisboa a braços com dois dias de greve

À proposta de reunião do STAD/CGTP, a SAMSIC, empresa de serviços, afirmou só ter disponibilidade em finais de Setembro. Greve a 1 e 2 de Agosto contra «discriminação» vivida no Aeroporto de Lisboa.

Trabalhadores da SAMSIC no Aeroporto de Lisboa em greve
Créditos / CGTP

«Somos trabalhadores com dignidade, queremos e temos o direito de viver melhor e não aceitamos ser discriminados face aos outros trabalhadores de Limpeza Industrial das diferentes empresas que prestam serviço no Aeroporto de Lisboa», defende o Sindicato dos Trabalhadores de Actividades Diversas (STAD/CGTP-IN), em comunicado.

A SAMSIC pertence a um grupo francês que presta, em Portugal, «serviços de apoio a instalações, tais como Limpeza, Facility Management, Manutenção Técnica, Espaços Verdes, Serviços de Suporte e Integração de serviços». Entre estes, estão trabalhadores da limpeza industrial a exercer funções no Aeroporto e que exigem um horário de trabalho similar ao dos restantes colegas nessas instalações.

Todos os outros trabalhadores de Limpeza Industrial no Aeroporto laboram sob um regime 4x2, explica o sindicato: 4 dias de trabalho com 2 dias de descanso. «Se as outras empresas de Limpeza Industrial acordaram este regime horário, a SAMSIC também pode criar condições para termos este regime de horário de trabalho», em vez dos 6 dias de trabalho intercalados com 2 de descanso.

É «uma função de elevado desgaste e penosidade». Este horário de trabalho a que são obrigados a aderir já seria, por si só, «muito duro para todos os trabalhadores», mas quando se tratam de «funções tão pesadas e desgastantes», o resultado pode ser catastrófico para a saúde destes profissionais.

Na luta por esta reivindicação, a que acresce a exigência de pagamento de um subsídio de turno e de transporte, os trabalhadores da SAMSIC no Aeroporto lisboeta iniciaram hoje uma greve que se prolonga até ao final do dia 2 de Agosto. A empresa, por agora, remete-se ao silêncio, tentando convencer os trabalhadores de que só em finais de Setembro é que consegue realizar uma reunião com o seu sindicato.

Tópico

Contribui para uma boa ideia

Desde há vários anos, o AbrilAbril assume diariamente o seu compromisso com a verdade, a justiça social, a solidariedade e a paz.

O teu contributo vem reforçar o nosso projecto e consolidar a nossa presença.

Contribui aqui