|lutas sindicais

Greve na Efacec a 11 de Dezembro

A acção tem por objectivos lutar contra os despedimentos e em defesa do emprego, e afirmar o futuro da Efacec, defendendo a sua nacionalização.

Concentração durante a greve dos trabalhadores do Grupo Efacec contra os despedimentos, no Parque Industrial da Arroteia, em Matosinhos, 23 de Março de 2018
Concentração durante a greve dos trabalhadores do Grupo Efacec contra os despedimentos, no Parque Industrial da Arroteia, em Matosinhos, 23 de Março de 2018CréditosRui Farinha / Agência Lusa

Em pré-aviso emitido esta semana, o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Norte (SITE Norte/CGTP-IN) marcou para o próximo dia 11 de Dezembro uma greve de duas horas na Efacec, a realizar entre as 13h30 e as 15h30.

A greve abrange os pólos de Matosinhos e da Maia da Efacec.

A empresa nortenha encontra-se nacionalizada desde Julho passado, mas o Governo pretende reprivatizar o mais depressa possível.

Os sindicatos contestam e defendem que o futuro da Efacec passe pela sua nacionalização, enquanto se mantêm em defesa dos postos de trabalho e contra o despedimento colectivo.

Tópico