Encontro contra a precariedade no aeroporto de Lisboa

«Com a precariedade não vamos a lado nenhum» é o lema da tribuna pública que a União dos Sindicatos de Lisboa promove amanhã, 20, no aeroporto de Lisboa, contra a exploração e o trabalho precário.

Os trabalhadores reclamam ainda aumentos nos salários e no subsídio de alimentação
Os trabalhadores reclamam ainda aumentos nos salários e no subsídio de alimentaçãoCréditos

A tribuna pública, que se insere na campanha nacional da CGTP-IN contra a precariedade laboral, decorre entre as 10h30 e as 14h, junto à estação de Metro do Aeroporto, e visa «denunciar a precariedade» no aeroporto de Lisboa, bem como informar os seus utilizadores «da realidade vivida por quem lá trabalha», lê-se numa nota divulgada pela União dos Sindicatos de Lisboa (USL/CGTP-IN).

Afirmando que a «precariedade no trabalho é instabilidade na vida», a USL/CGTP-IN, que promove a acção em conjunto com os sindicatos envolvidos no aeroporto de Lisboa, salienta que este «é o maior local de trabalho da Área Metropolitana de Lisboa», onde laboram milhares de trabalhadores de diversos sectores de actividade.

Em simultâneo, destaca que ali se travam diariamente «importantes lutas contra a exploração e a precariedade laboral», exigindo uma mudança de política que se centre «na valorização do trabalho e na dignificação dos trabalhadores».