|lay-off

Aptiv contabiliza horas nocturnas após reclamação

A empresa não incluiu as horas nocturnas nos salários do mês de Abril para o cálculo do lay-off. Quando o sindicato reclamou, corrigiu o erro e atribuiu as culpas à informática.

«O momento que vivemos por via da pandemia da Covid-19 e a forma como está a afectar o sector em que os trabalhadores da Aptiv se incluem, não é sinónimo de aproveitamentos, retirada de direitos ou rendimentos dos trabalhadores», afirma o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente do Norte (SITE Norte/CGTP-IN) em comunicado.

Depois de não ter incluído as horas nocturnas na retribuição do mês de Abril para o cálculo do lay-off, a administração da Aptiv corrigiu o erro após queixa do sindicato, alegando um erro informático.

O SITE Norte afirma que a Aptiv tem condições financeiras para garantir o pagamento integral dos salários dos trabalhadores, não necessitando de recorrer a injecção de capital do Estado, como está a fazer.

Tópico