|pensionistas

As pensões sobem já em Janeiro, com nova subida em Agosto para as mais baixas

Todos os pensionistas ganham mais em 2018 e recuperam subsídio de Natal

Um reformado que, até Dezembro, tinha uma pensão de 350 euros vai receber mais 110,40 euros ao longo deste ano, com a actualização legal, o aumento extraordinário e a reposição do subsídio de Natal.

https://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/jumbo1200x630/public/assets/img/imgonline-com-ua-resize-qbv1slxp26ly.jpg?itok=T-hzLj5P
Depois de terem perdido 7% do valor real das suas pensões entre 2011 e 2015, os reformados vão recuperar metade dessa valor entre 2017 e 2018. Marcha contra os cortes nas pensões, promovida pela Confederação Nacional de Reformados Pensionistas e Idosos (MURPI), em Lisboa, 12 de Abril de 2014
Depois de terem perdido 7% do valor real das suas pensões entre 2011 e 2015, os reformados vão recuperar metade dessa valor entre 2017 e 2018. Marcha contra os cortes nas pensões, promovida pela Confederação Nacional de Reformados Pensionistas e Idosos (MURPI), em Lisboa, 12 de Abril de 2014CréditosMário Cruz / Agência LUSA

Neste ano, todos os pensionistas vão, pela primeira vez em mais de uma década, receber mais do que no ano passado – resultante da conjugação da actualização legal e do aumento extraordinário para os que menos ganham.

Para quem tinha uma pensão de 350 euros no final de 2017, um valor perto da média, a subida mensal é de 6,30 euros já em Janeiro e de dez euros a partir de Agosto. O aumento extraordinário até dez euros repete-se este ano, depois de ter sido incluído no Orçamento do Estado para 2017 por proposta do PCP.

Para além destas subidas, os pensionistas vão também passar a receber o subsídio de Natal por inteiro, tal como os trabalhadores do sector público. O regime de duodécimos termina definitivamente este ano, depois de em 2017 o Governo ter avançado com uma solução de transição: com o pagamento de metade na altura devida e do restante ao longo do ano.

O fim dos duodécimos significa também um aumento adicional, já que a subida das pensões se faz em dois tempos, em Janeiro e em Agosto. Mantendo-se o pagamento do subsídio de Natal em duodécimos, estes teriam como referência, ao longo dos primeiros sete meses, um valor que não tinha em conta o aumento extraordinário.

Mantendo o exemplo de um pensionista médio (350 euros por mês), este acabaria por receber menos 2,16 euros ao fim do ano com duodécimos. Com a soma de todas as medidas, vai acabar o ano a ganhar mais 110,40 euros do que em 2017. Para um pensionista que ganhava 450 euros, o aumento anual será de 124,80 euros, e para quem, até Dezembro, ganhava 600 euros, terá mais 151,20 euros no final de 2018.

Tópico

0 Comentários

no artigo "Todos os pensionistas ganham mais em 2018 e recuperam subsídio de Natal