|refugiados

Câmara de Setúbal reafirma conteúdo da carta enviada ao primeiro-ministro

A Câmara de Setúbal divulgou um comunicado acusando o Governo de não ter respondido ao pedido de intervenção sobre as suspeitas de envolvimento de associações pró-russas no acolhimento de ucranianos.

Refugiados ucranianos trazidos pela caravana humanitária
Refugiados ucranianos trazidos pela caravana humanitária "Missão Ucrânia" à sua chegada a Portugal. Lisboa, 19 de Março de 2022  CréditosRodrigo Antunes / Agência Lusa

No comunicado divulgado este sábado, a Câmara Municipal de Setúbal sublinha ter solicitado ao Governo um esclarecimento, «com a máxima celeridade», no dia seguinte a uma entrevista da embaixadora da Ucrânia em Lisboa, dada no passado dia 8 a um canal televisivo, onde falou de «organizações pró-russas» infiltradas no apoio aos refugiados ucranianos.

Este comunicado surge na sequência de o gabinete de António Costa ter garantido que o presidente da Câmara de Setúbal não solicitou ao primeiro-ministro informações sobre a associação, embora tenha confirmado que recebeu há duas semanas uma carta de André Martins.

A autarquia setubalense confirma ter alertado o Governo para caso «entendesse que as suspeitas lançadas pela senhora embaixadora eram credíveis, deveria, de imediato, ter informado a Câmara Municipal de Setúbal e as outras autarquias onde existem associações de imigrantes alvo de suspeitas, da necessidade de adotar medidas, o que não aconteceu, embora se saiba que é o Governo quem detém os necessários instrumentos para averiguar acusações de espionagem».

Segundo a Câmara Municipal de Setúbal, «nunca e em nenhuma circunstância» a autarquia foi informada «por qualquer entidade oficial de actos ou condutas suspeitas» da parte dos dirigentes da associação Edintsvo.

Na sexta-feira, a Associação dos Ucranianos em Portugal falou da existência por todo o país de elementos pró-Putin nas organizações que estão a acolher refugiados ucranianos, alertando tratar-se de um fenómeno que se repete em toda a Europa.

Tópico