|Linha do Algarve

Sindicatos e utentes exigem intervenção na linha do Algarve

Devido ao mau estado da linha e composições ferroviárias, sindicatos e utentes promoveram esta sexta-feira uma concentração de protesto, com tribuna pública, junto à Estação de Faro.

Estação de Faro
Estação de FaroCréditos / Wikimedia Commons

O protesto contra a degradação da linha do Algarve e em defesa da melhoria do transporte ferroviário decorreu hoje à tarde, junto à estação de Faro.

Entre os promotores estão a Comissão de Utentes da Linha do Algarve e várias estruturas sindicais da CGTP-IN – União dos Sindicatos do Algarve, Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações e  Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário.

Em comunicado, as estruturas afirmam que o actual estado da linha do Algarve «é inadmissível», salientando «a supressão de muitas das circulações previstas», como o «material circulante obsoleto», além de horários, formas de articulação com outros transportes e ligações a outros pontos do País que são «desajustados das necessidades das populações».

Por outro lado, os organizadores acrecentam que,«apesar dos sucessivos anúncios de muitos milhões para esta linha, o que assistimos, diariamente, é o seu desaparecimento».

Tópico