|Porto

Câmara da Invicta quer continuar a privatizar estacionamento

A Câmara do Porto quer abrir concurso para concessão de lugares de estacionamento na zona ocidental da cidade, com o argumento de «melhorar as condições de mobilidade e de usufruto do espaço público».

 

Créditos / Transportes & Negócios

O Executivo de Rui Moreira vai propor, na reunião de Câmara da próxima terça-feira, a abertura de um concurso para a «implementação, gestão, exploração, manutenção e fiscalização dos lugares públicos de estacionamento pagos na via pública na zona ocidental da cidade». 

Entre os objectivos elencados na proposta assinada pela vereadora dos Transportes, está a melhoria das «condições de mobilidade e de usufruto do espaço público», assim como a promoção da «rotatividade dos lugares, necessária às actividades de comércio e serviços».

A medida é avançada apesar de a autarquia reconhecer que a zona ocidental se «diferencia negativamente pela ausência de uma rede de metro» e que essa realidade tem «impacto directo no congestionamento, na degradação do serviço de transporte público em autocarro e na pressão sobre o estacionamento, muito pouco disponível». 

A vereadora Cristina Pimentel frisa que, «após dois anos de experiência da concessão do estacionamento pago noutras zonas da cidade, a medida tem-se revelado de grande eficiência».

Tópico