|Vietname

Vietname há 36 dias sem contágios internos de Covid-19

O país asiático não regista novos casos de infecção de Covid-19, a nível interno, há 36 dias consecutivos, informou esta sexta-feira a Direcção Nacional para a Prevenção e o Controlo da doença.

O Vietname está há 12 dias sem novos casos de infecção pelo novo coronavírus, mas tem cerca de 45 mil pessoas em quarentena ou sob observação
O governo vietnamita afirmou que, sem desmontar determinadas medidas de prevenção, já é possível centrar-se na tarefa da recuperação da economia Créditos / Nikkei Asian Review

Dos 324 pacientes infectados pelo vírus SARS-CoV-2, 266 foram curados e tiveram alta, revelou a Direcção Nacional para a Prevenção e o Controlo da Covid-19, acrescentando que todos os casos detectados no Vietname desde 16 de Abril dizem respeito a cidadãos vietnamitas que foram repatriados de países onde a situação epidemiológica é «complicada».

Os 58 pacientes ainda internados – em nove unidades hospitalares – estão a evoluir bem e vários já tiveram resultado negativo nos primeiros ou segundos testes de detecção do novo coronavírus, estimando-se que o número de recuperados possa aumentar nos próximos dias, segundo noticia a Prensa Latina.

Por seu lado, a Agência Vietnamita de Notícias (VNA) informa que 14 744 pessoas se encontram sob observação das autoridades sanitárias, em suas casas ou em hospitais, depois de terem tido contacto com doentes de Covid-19 ou terem regressado de países onde o quadro epidémico é considerado complicado.

O síndrome respiratório agudo severo não provocou qualquer morte no país da antiga Indochina. O caso mais grave – referente a um cidadão britânico de 43 anos, que ainda corre risco de vida – está a evoluir de «forma esperançosa».

Fontes do Hospital de Doenças Tropicais da Cidade de Ho Chi Minh indicaram que o paciente já não tem febre, apresenta uma pressão arterial estável e melhorias no estado do seu pulmão mais afectado. Nos últimos dias, teve resultado negativo cinco vezes nos testes de detecção do vírus SARS-CoV-2 e, na quarta-feira, foi declarado «livre de coronavírus».

Ainda assim, o seu estado de saúde continua a ser avaliado como «crítico» e os especialistas que o estão a tratar ainda ponderam a realização de um transplante de pulmões.

Recuperação da economia, dinamização do turismo nacional

Tendo em conta a melhoria sensível na situação epidemiológica do país, o governo vietnamita afirmou que, sem desmontar determinadas medidas de prevenção, já é possível centrar-se na tarefa da recuperação da economia.

A dinamização do sector do Turismo está entre as prioridades apontadas. De acordo com as autoridades vietnamitas, o sector dá sinais de recuperação desde que, em Abril, houve maior segurança sobre o controlo da epidemia e foi decretada uma certa flexibilização nas medidas de distanciamento social.

Autoridades, agências de viagens e companhias aéreas têm estado a promover pacotes destinados ao turismo nacional, com uma resposta muito boa – o que também evidencia a confiança dos vietnamitas nas medidas que têm estado a ser tomadas com vista ao controlo efectivo da Covid-19.

O Vietname registou uma quebra de 18% na entrada de estrangeiros no primeiro trimestre de 2020, por comparação com igual período de 2019, que se repercutiu na redução de 11% nos rendimentos no sector do Turismo.

No entanto, a boa resposta do país do Sudeste Asiático à Covid-19 está a levar a que revistas do sector o apontem como primeiro destino – «seguro» – num cenário pós-pandemia, para lá das habituais referências à simpatia do povo, à beleza das paisagens e à excelência da comida.

Tópico