|Ryanair

Pilotos irlandeses agendam nova greve

Depois da paralisação desta quinta-feira, cerca de cem pilotos contratados directamente pela Ryanair, na Irlanda, confirmaram que vão voltar a fazer greve a 20 e 24 de Julho.

Créditos / Dinheiro Vivo

Aos protestos, de 24 horas, anunciados hoje pela Associação de Pilotos Irlandeses de Linhas Aéreas (IALPA), filiada no sindicato Fórsa, vão seguir-se as greves dos tripulantes de cabine da Ryanair em Portugal, Espanha, Bélgica e Itália nos próximos dias 25 e 26 de Julho.

Ontem decorreu a primeira paralisação dos pilotos baseados na Irlanda, que continuam a lutar contra a decisão da administração da companhia de baixo custo de transferir pilotos das bases europeias para bases africanas, entre outras reivindicações.

Luz verde

Esta sexta-feira, a Comissão Europeia aprovou sem condições o negócio de compra da austríaca LaudaMotion pela Ryanair, argumentando que não cria problemas ao nível da concorrência na Área Económica Europeia.

Foi no passado mês de Março que a companhia irlandesa anunciou o objectivo de comprar 75% do capital da empresa detida por Nikki Lauda, ex-piloto de Fórmula 1, por 50 milhões de euros.

Tópico