|Palestina

Forças israelitas detêm 17 palestinianos e ferem 5 na Cisjordânia ocupada

Tropas israelitas prenderam 17 palestinianos em vários pontos da Margem Ocidental ocupada. Pelo menos 5 ficaram feridos, perto de Nablus, quando centenas de colonos forçaram a entrada no Túmulo de José.

Militares israelitas durante uma operação na Margem Ocidental ocupada (foto de arquivo)
Militares israelitas durante uma operação na Margem Ocidental ocupada (foto de arquivo)Créditos / almanar.com.lb

Viaturas militares israelitas invadiram, esta terça-feira, a localidade de Beit Kahel, a noroeste de Hebron, onde os soldados prenderam seis palestinianos, revelou a Sociedade de Prisioneiros Palestinianos (SPP).

A mesma fonte, citada pela agência WAFA, confirmou que mais três palestinianos foram detidos no distrito de Belém e cinco no de Jerusalém: dois no bairro de Silwan, dois na aldeia de Issawiyeh e um outro no bairro de Bab al-Sahira.

No distrito de Jenin, o SPP confirmou a detenção, por parte das forças de ocupação israelitas, de outros três palestinianos: dois deles residentes na cidade de Jenin e outro no campo de refugiados.

As forças israelitas levam a cabo operações frequentes em toda a Margem Ocidental ocupada –incluindo Jerusalém Oriental –, com o pretexto da busca de palestinianos «procurados» por Telavive.

Estas operações, que também têm lugar em áreas sob controlo «total» da Autoridade Palestiniana, são executadas sem que as forças ocupantes exibam qualquer mandado de busca.

De acordo com organismos palestinianos, há actualmente cerca de 5700 presos palestinianos em cárceres israelitas.

Exército fere pelo menos 5 palestinianos em invasão de colonos

Vários palestinianos ficaram feridos, às primeiras horas desta terça-feira, quando as tropas israelitas dispararam para abrir caminho aos colonos judeus em direcção ao Túmulo de José, perto da cidade de Nablus, no Norte da Margem Ocidental ocupada, segundo revelaram diversas fontes.

Forças israelitas escoltaram «invasão de colonos» e dispararam balas de aço revestidas de borracha e bombas de gás lacrimogéneo sobre os residentes palestinianos em Nablus Créditos

As tropas israelitas escoltaram uma caravana de autocarros com centenas de «colonos fanáticos judeus» em direcção ao local referido, que fica numa área sob controlo palestiniano. Registaram-se confrontos entre os colonos e os residentes palestinianos, que tentaram bloquear a passagem da «caravana» e protestaram contra a sua presença no local.

As tropas israelitas dispararam balas de aço revestidas de borracha e uma «chuva» de bombas de gás lacrimogéneo sobre os palestinianos, provocando ferimentos e problemas de asfixia em vários deles.

A agência WAFA refere que são frequentes as invasões de colonos judeus ao Túmulo de José, localizada numa zona densamente povoada de Nablus, gerando o caos e o confronto com os habitantes.

Tópico