|Vietname

Economia vietnamita deve crescer 6,7%, afirma banco regional

A economia do Vietname crescerá 6,7% este ano e mais três décimas no seguinte, avançou esta quarta-feira um estudo do Banco Asiático de Desenvolvimento que liga economia e controlo da pandemia.

Vista da Cidade de Ho Chi Minh 
Vista da Cidade de Ho Chi Minh Créditos / VNA

De acordo com a entidade, já em 2020 o país asiático deu mostras da capacidade para enfrentar a situação epidemiológica e, em simultâneo, preservar a sua economia, um cenário que irá melhorar à medida que for avançando a campanha nacional de vacinação contra o SARS-CoV-2.

Entre os factores auspiciosos o banco referiu-se, também, ao crescimento sustentado das exportações e do fluxo de investimentos externos, informa a agência cubana Prensa Latina.

Tal como outros organismos internacionais, a entidade apontou o Vietname como exemplo de resiliência perante circunstâncias tão difíceis e considerou que neste e nos próximos anos o seu produto interno bruto (PIB) será aquele que conhecerá uma maior expansão no Sudeste Asiático – região para a qual prognostica um crescimento de 4,4% em 2021.

No contexto mais amplo dos países em desenvolvimento na região Ásia-Pacífico – 45, segundo a instituição bancária –, a previsão é também de crescimento: 7,3% este ano e 5,3% no próximo ano.

No entanto, nota a Agência Vietnamita de Notícias (VNA), o Banco Asiático de Desenvolvimento alertou, no seu estudo, para a desigualdade do processo de recuperação, tendo em conta que alguns países continuam a lutar contra os impactos do vírus SARS-CoV-2 e das suas novas variantes.

Países cujas economias estão mais dependentes do turismo vão demorar mais a recuperar, enquanto aqueles que conseguirem controlar a propagação da doença irão beneficiar do processo de recuperação da procura no mundo, indica a VNA.

No final de 2020, apesar da situação económica complicada a nível mundial, no contexto da pandemia de Covid-19, o Departamento Geral de Estatísticas (DGE) do Vietname revelou que as transacções comerciais do país asiático haviam registado uma subida de 5,1% face a 2019.

As exportações cresceram e a balança comercial do Vietname registou um saldo positivo de 19,1 mil milhões de dólares, o mais alto nos últimos quatro anos, informou o DGE.

Tópico