|Sugestões culturais

Seixal acolhe recital de guitarra de mestre Eduardo Isaac

O virtuoso guitarrista argentino apresenta-se no próximo dia 21 de Março no Seixal, num concerto marcado pela estreia mundial de uma obra do maestro António Victorino de Almeida que lhe é dedicada.

Eduardo Isaac
Eduardo IsaacCréditosLitó Godinho / Câmara Municipal do Seixal

O mestre Eduardo Isaac, virtuoso guitarrista argentino galardoado em concursos internacionais como o Infanta Cristina (Madrid), Andrés Segóvia (Palma de Maiorca), ou Rainha Fabiola (Bélgica), actua na próxima quinta-feira, dia 21 de Março, às 21h30, no Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal.

No recital, além de serem interpretadas composições de Federico Moreno Torroba (Espanha), Mario Castelnuovo-Tedesco (Itália), Marco Pereira (Brasil), Carlos Aguirre (Argentina), Astor Piazzolla (Argentina), Carlos Gardel (França/Argentina) e Julián Plaza (Argentina), será mundialmente estreada a obra Pequena Suite – Op. 30, de António Victorino de Almeida, que o maestro e compositor dedicou ao intérprete.

António Victorino de Almeida. CréditosLitó Godinho / Câmara Municipal do Seixal

Não se fica por aqui a participação de António Victorino de Almeida. Conhecido também pelas suas qualidades pedagógicas e comunicacionais, postas ao serviço da divulgação musical em diversos programas televisivos, Victorino de Almeida abrirá o recital com os seus comentários e, na segunda parte do mesmo, em que se realizará a primeira audição absoluta e mundial da sua criação acima referida, voltará ao palco para comentá-la.

O repertório para guitarra e orquestra de Eduardo Isaac compreende mais de vinte concertos. Apresenta frequentemente o seu trabalho de música de câmara em duos, trios e quartetos, acompanhado pelo notável bandoneonista Daniel Binelli, estabelecendo uma estreita ligação entre a música erudita e o tango.

Para o recital no Seixal, segundo informação recebida do município, o mestre elegeu uma guitarra com o tampo em cedro construída pelo luthier espanhol Santiago de Cecilia.

Eduardo Isaac é frequentemente convidado para o papel de solista por grandes maestros e orquestras de todo o mundo, entre as quais se contam a Orquestra Sinfónica Nacional e a Orquestra Sinfónica de Salta (ambas da Argentina), a Orquestra Sinfónica de Montreal (Canadá), a Orquestra Sinfónica Nacional de Bélgica ou a Orquestra Sinfónica de Córdoba (Espanha).

O guitarrista tem gravado para várias chancelas, entre as quais a editora GHA Records (Bruxelas), com a qual veio a publicar uma série de discos de grande importância para o repertório guitarrístico do século XX.

Deixamos o leitor com a «Balada Para Un Organito Loco», uma das músicas de Astor Piazzola que integram o disco Maria de Buenos Aires, interpretado por Eduardo Isaac para a GHA Records.

 

Tópico