|Dia Mundial do Teatro

O teatro é o lugar «onde cabe o mundo inteiro»

Carlos Celdrán é o primeiro dramaturgo e encenador cubano a assinar a mensagem do Dia Mundial do Teatro, que hoje se cumpre. Aqui ficam algumas sugestões para comemorar a efeméride.

CréditosPedro Rodrigues / A Escola da Noite

Carlos Celdrán é director do grupo Argos Teatro, de Havana, e o primeiro autor cubano convidado para escrever a mensagem do Instituto Internacional do Teatro (ITI), criado no âmbito da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), para o Dia Mundial do Teatro, que hoje se assinala.

O encenador acredita que o teatro é um «país em si mesmo, um grande território onde cabe o mundo inteiro» e que é lá que ele existe, onde está o público, e onde tem os companheiros de quem precisa.

Para assinalar a efeméride, a Fundação Saramago, em Lisboa, convida a actriz Joana Manuel para uma leitura encenada do romance Ensaio sobre a Cegueira e outros textos de José Saramago, hoje às 18h30. Após a leitura haverá uma conversa com os curadores da exposição retrospectiva da adaptação teatral do romance de José Saramago feita pelo grupo de teatro O Bando.

Em Coimbra, a Escola da Noite promove nos dias 29 e 30 de Março, às 21h30, no Teatro da Cerca de S. Bernardo, o espectáculo A Morte nos Olhos, uma criação de Alexandre Pieroni Calado e João Ferro Martins em colaboração com a coreógrafa Carlota Lagido. O trabalho é produzido pela Artes e Engenhos, uma associação que promove trabalhos de artes performativas, som e fotografia, com sede na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

Em Almada, o Teatro Extremo, para além de comemorar o Dia Mundial do Teatro, celebra também o seu 25.º aniversário com a estreia da sua 51.ª criação Armstrong, na Escola Secundária António Gedeão, às 15h15. As comemorações prosseguem esta noite no Teatro-Estúdio António Assunção, com música e poesia. 


Com agência Lusa

Tópico