|Indústria

Trabalhadores da Exide reafirmam decisão da greve

Em plenários realizados na passada sexta-feira, os trabalhadores reafirmaram a sua decisão de avançar para greve para reivindicar aumentos salariais condignos.

Créditos / SIESI

Na última reunião negocial, a direcção da empresa subiu a sua contraproposta para os 25 euros, o que fica ainda aquém das necessidades e expectativas dos trabalhadores e das possibilidades da empresa, refere em comunicado o Sindicato das Indústrias Eléctricas do Sul e Ilhas (SIESI/CGTP-IN).

A moção aprovada no plenário, por uma grande maioria dos trabalhadores, reafirma a decisão de avançar com uma greve de duas horas por turno, a iniciar no dia 22 e a terminar no dia 28 de Abril.

Os trabalhadores consideram insuficiente a contraproposta da direcção e reivindicam um mínimo de 50 euros de aumento salarial e a negociação das restantes matérias constantes na proposta de revisão da matéria pecuniária do acordo de empresa.

Tópico