|Indústria

Luta na Exide conquista valorização salarial

As lutas dos trabalhadores resultaram numa nova proposta patronal, com a valorização dos salários. O SIESI alerta que importa resolver outros assuntos pendentes.

Créditos / SIESI

As lutas desenvolvidas a 25 de Março, de 22 a 28 de Abril, na manifestação do 1.º de Maio, em Lisboa, e de 19 a 24 de Maio, bem como «a unidade, determinação e firmeza demonstradas pelos trabalhadores em todo o processo», comprovam «que a luta traz resultados», salienta o Sindicato das Indústrias Eléctricas do Sul e Ilhas (SIESI​/CGTP-IN), num comunicado distribuído na empresa, em Castanheira do Ribatejo.

O sindicato realça que foi a luta dos trabalhadores que levou a que a direcção da fábrica subisse a sua proposta, para um aumento de 32,50 euros para todos os trabalhadores.

Foi ainda possível conquistar o aumento das diuturnidades em 0,62 euros, o que corresponde a 37,12 euros mensais, o aumento do subsídio de paternidade em 150 euros e de maternidade em 550 euros, bem como o aumento do subsídio para trabalhadores com filhos portadores de deficiência em 150 euros.

No entanto, o SIESI sublinha que importa agora resolver outros assuntos pendentes, nomeadamente a realização de obras no balneário feminino, a melhoria das condições de trabalho e uma maior qualidade do serviço prestado no refeitório.

Tópico