|Triumph

Parlamento apela à intervenção do Governo na antiga Triumph

A Assembleia da República aprovou esta quinta-feira, por unanimidade, o projecto de resolução do PCP que recomenda ao Governo o uso de todos os instrumentos ao seu alcance para impedir o encerramento da empresa e salvaguardar trabalhadores.

https://www.abrilabril.pt/sites/default/files/styles/jumbo1200x630/public/assets/img/1063.jpg?itok=RuUCLpiY
CréditosTiago Petinga / Agência LUSA

O plenário da Assembleia da República aprovou hoje, por unanimidade, um projecto de resolução para que o Governo intervenha no caso da antiga Triumph.

Os trabalhadores estão há quase uma semana à porta da empresa, numa vigília, de forma a assegurar que nenhuma máquina saia das suas instalações, até ser declarada a insolvência.

No texto do projecto de resolução aprovado é recomendado ao Governo que «recorra a todos os instrumentos ao seu alcance para impedir o encerramento da empresa» e garantir «todos os postos de trabalho e o cumprimento dos direitos dos trabalhadores».

A iniciativa foi divulgada ontem pelo secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, enquanto visitava o piquete para demonstrar solidariedade aos trabalhadores e alertar para situação dramática que estes passam.

Nessa visita, Jerónimo de Sousa afirmou não existir uma razão justificativa para encerrar a unidade de produção e reiterou a necessidade de salvar a empresa e os seus trabalhadores.

Tópico