|debate

CGTP: lembrar as raízes para projectar o presente e o futuro

No âmbito das comemorações dos 50 anos da Intersindical, terá lugar na próxima terça-feira, na Casa do Alentejo, o debate «CGTP-IN: das raízes à actualidade, sindicalismo do presente para o futuro».

CréditosPaulo António / AbrilAbril

«Das raízes à actualidade» é o título do primeiro painel, com início previsto para as 9h50, que se segue à recepção aos participantes (9h30), na Casa do Alentejo, em Lisboa.

Depois do almoço (12h), o segundo painel, sob a designação de «Sindicalismo do presente para o futuro», inicia-se às 14h. O encerramento (17h30) estará a cabo da secretária-geral da CGTP-IN, Isabel Camarinha.

Dadas as limitações de participação presencial, o debate poderá ser acompanhado via live streaming no portal cgtp.pt.

A propósito da iniciativa a realizar no próximo dia 16, a Intersindical afirma em nota que «os 50 anos de história da central de classe dos trabalhadores são, também, parte da história do movimento operário e sindical português».

«Dar continuidade às comemorações do cinquentenário, que se iniciaram em 2019, constitui, assim, um momento de enorme importância para reafirmar as características da CGTP-IN, e, essencialmente, para projectar o presente e o futuro», sublinha.

Tópico