|habitação

Portugal regista subidas de 10% dos preços das casas

O País é assim o quarto da União Europeia no que respeita a subidas de preços de habitações, em comparação com períodos homólogos.

Créditos / Pixabay

Os valores são apresentados pelo Eurostat (instituto oficial de estatísticas da União Europeia/UE) e demonstram que Portugal surge em quarto lugar no que respeita a aumentos dos preços das casas, só tendo à frente países como a Hungria, o Luxemburgo e a Croácia, revela o Jornal de Negócios.

Em média, o valor das casas aumentou 4,2%, sendo Itália o único país onde os valores desceram em torno dos -0,2%. Na UE, numa comparação em cadeia, os preços aumentaram 1,6%, com a Letónia (5,6%) e o Luxemburgo (5,1%) a liderarem a subida de preços.

Já no primeiro trimestre de 2019, Portugal tinha tido uma subida de 9,1%. Não obstante, numa comparação trimestral, o valor das casas subiu 3,2% em Portugal face ao mesmo período em 2018, tendo abrandado perante o aumento de 3,6% verificado nos primeiros três meses de 2019.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) já tinha revelado subidas de 10,1% nos preços da habitação, confirmando-se a maior subida desde 2009, ainda que o número de vendas não tenha acompanhado a evolução dos preços, em termos homólogos.

O INE também já havia divulgado que, em Agosto, o valor médio de avaliação bancária se fixava em 1288 euros por metro quadrado, valor mais alto desde Janeiro de 2011.

Tópico