|incêndios florestais

Projecto de resolução recomenda envolvimento de autarquias e reforço de meios

PCP propõe bases para reflorestação do pinhal de Leiria

O projecto de resolução, entregue esta sexta-feira na Assembleia da República, contém medidas para que não se repita o abandono a que foi votada a área ardida naquela Mata Nacional, desde 2003.

Zona do Pinhal de Leiria consumido pelas chamas de dia 15 de Outubro e onde se estima que tenha ardido mais de 80% da sua área, Marinha Grande. 17 de Outubro de 2017
Zona do Pinhal de Leiria consumido pelas chamas de dia 15 de Outubro e onde se estima que tenha ardido mais de 80% da sua área, Marinha Grande. 17 de Outubro de 2017CréditosMiguel A. Lopes / Agência LUSA

O PCP não quer que se repita o que aconteceu aos 2500 hectares ardidos na Mata Nacional de Leiria em 2003, abandonados desde então por vários governos do PS, do PSD e do CDS-PP. Para isso, o partido recomenda ao actual Executivo um conjunto de medidas específicas para aquela que é a maior área florestal pública, e onde arderam mais de 8 mil hectares nos dias 14 e 16 deste mês.

O grupo parlamentar comunista propõe que o Governo crie «um plano de limpeza, reflorestação, reordenamento e valorização do Pinhal de Leiria, em articulação com as autarquias e as populações». A proposta inclui a realização de um fórum e a criação de uma comissão de acompanhamento da gestão e valorização do Pinhal, com o envolvimento das autarquias de Alcobaça, Leiria e Marinha Grande, tal como dos bombeiros e de organizações ligadas à floresta e ao mundo rural.

A iniciativa recomenda ainda o reforço dos meios financeiros e humanos afectados à Mata Nacional. Desde 2011, apenas 20 funcionários trabalham naquele espaço, acumulando funções noutros quatro espaços florestais públicos. Na década de 1980, o Pinhal de Leiria tinha mais de 100 trabalhadores rurais ao seu serviço.

O PCP alerta ainda para a necesssidade de que o produto da venda da madeira ardida nos últimos incêndios seja integralmente investido no projecto de reflorestação da Mata Nacional de Leiria.

Tópico