|Segurança Social

PCP garante reposição da dedução fiscal até 900 euros para pensões mínimas

Após a denúncia do PCP, o primeiro-ministro reconheceu o erro e afirmou que a Autoridade Tributária vai corrigir a injustiça em relação às famílias dos pensionistas, que podiam perder quase mil euros.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, no plenário da Assembleia da República
O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, no plenário da Assembleia da RepúblicaCréditosMário Cruz / Agência LUSA

A situação foi reportada ao grupo parlamentar comunista, que já tinha questionado o Governo: a Autoridade Tributária não assumiu o aumento extraordinário de Agosto passado para calcular o valor das pensões mínimas, o que provocaria a perda de uma dedução fiscal que poderia chegar perto dos mil euros no caso das famílias que têm pensionistas que auferem o valor mínimo a seu cargo.

A confirmação de que a correcção será feita, sem necessidade de reclamação por parte dos pensionistas ou das suas famílias, foi deixada por António Costa, após ser confrontado pelo secretário-geral do PCP, no debate quinzenal desta tarde.

Tópico