|emprego

Número de desempregados no IEFP baixa para número recorde

Segundo dados do IEFP, o número de desempregados inscritos, que no passado mês de Maio foi de 305 200, é o mais baixo dos últimos 28 anos, descendo 12,9% face ao período homólogo. 

Créditos / Rádio Pax

De acordo com os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), em Maio havia menos 45 mil pessoas sem trabalho do que no mesmo mês de 2018, o que representa uma descida de 12,9%. Já na comparação mensal, relativamente a Abril, a quebra do número de desempregados foi de 5,0%.

O número de jovens desempregados ficou nos 30,1 mil, com uma redução homóloga de 14,2% (-5,0 mil) e com uma diminuição em cadeia de 8,3% (-2,7 mil). Quanto ao número de desempregados de longa duração inscritos no IEFP desceu para 136,2 mil, com um decréscimo homólogo de 21,0% (-36,2 mil) e uma redução em cadeia de 3,8% (-5,3 mil).

A redução homóloga do desemprego registado foi transversal a todas as categorias e todas as regiões do País, com os decréscimos de 14,5% em Lisboa (menos 15,4 mil) e de 14% no Norte (menos 20,6 mil).

Segundo informação divulgada pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, «é preciso recuar até Dezembro de 1991, altura em que havia 296,6 mil desempregados inscritos, para encontrar um número mais baixo de desempregados do que o registado em Maio deste ano».

O facto de a economia estar a crescer a um ritmo positivo ao longo de vários trimestres consecutivos, associado ao fenómeno do trabalho sazonal, com maior expressão entre os meses de Maio e Setembro, estará na base da descida. Confirma-se assim que a política de devolução dos rendimentos, ainda que limitada, permite a melhoria das condições de vida dos trabalhadores e suas famílias, ao mesmo tempo que impulsiona o crescimento da economia, criando mais emprego.

Esta evolução reforça ainda a necessidade de prosseguir com políticas que atendam aos direitos e à valorização salarial para combater a tendência de desaceleramento do crescimento económico.


Com agência Lusa

Tópico