|Agricultura

Marcha lenta de tractores na reabertura da Agrovouga

A Agrovouga reabre portas em Aveiro, após sete anos de interrupção. Os agricultores do distrito promoveram uma marcha lenta de tractores para apresentar as reivindicações do sector à ministra da Agricultura.

Uma marcha lenta de tractores percorreu mais de 20 km, entre Ovar e Estarreja, em 23 de Agosto de 2016. Foto de arquivo.
Uma marcha lenta de tractores percorreu mais de 20 km, entre Ovar e Estarreja, em 23 de Agosto de 2016. Foto de arquivo.Créditos

Os agricultores do distrito de Aveiro realizaram esta manhã uma marcha lenta de tractores entre a localidade de Válega (Ovar) e Aveiro, onde se realiza, até domingo, uma nova edição da Agrovouga – certame agro-pecuário tradicionalmente reconhecido como a feira nacional do bovino leiteiro.

A iniciativa foi convocada pela União de Agricultores e Baldios do Distrito de Aveiro (UABDA), com o apoio da Confederação Nacional da Agricultura (CNA).

Segundo declarações de João Dinis (CNA) ao AbrilAbril, os «agricultores, em particular os produtores de leite do norte do distrito, fazem questão de abrir a feira, como é tradição, com uma marcha lenta de tractores», para nesse fórum apresentar as suas reivindicações deste sector vital para a soberania alimentar portuguesa, afligido por dezenas de anos de políticas de submissão a Bruxelas.

O representante da CNA sublinhou que, a confirmar-se a presença da nova ministra da Agricultura na inauguração oficial do certame, os agricultores pretendem entregar-lhe «em mão» um documento com as suas preocupações e reivindicações.

O desfile, segundo Carlos Alves, da UABDA, foi composto por mais de 20 tractores. Começou às 10h em Válega (Ovar) e prosseguiu pela Estrada Nacional 109, tendo chegado ao Parque de Exposições de Aveiro por volta das 12h.

A Agrovouga decorre entre 20 e 24 de Novembro no Parque de Exposições de Aveiro, após sete anos de interrupção.

Segundo a agência Lusa, prevê-se que a inauguração oficial da Nova Agrovouga, que se realizará às 17h, conte com a presença da nova ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque.

Tópico